ASSOCIE-SE

Associe-se e desfrute de muitas vantagens CLIQUE AQUI
Entre em contato 51 3268-1611

NOTÍCIAS

02/08/2017

Transparência Já: sobre o equacionamento do deficit da FUNCEF

A situação dos deficits registrados nos exercícios de 2014 e 2015 pela FUNCEF é grave por atingir diretamente o patrimônio dos(as) empregados(as) ativos(as) e aposentados(as) da CAIXA. Diante dos equacionamentos dos déficits da  FUNCEF, a  APCEF  tomou  várias  medidas  em defesa dos os(as) participantes no sentido de que não  sejam  injustamente  penalizados(as), inclusive, com ajuizamento de ação judicial para a suspensão da cobrança de contribuição extraordinária, até que sejam demonstradas e divulgadas de forma transparente as causas que levaram a este cenário.

A APCEF, através de sua assessoria Previdenciária e de Análise de Investimentos, realizou diversas ações, inclusive, protocolando no Ministério da Previdência Social proposta concreta, que impactou no regramento, reduzindo o valor do deficit a ser equacionado. Além disso, foram entregues à Diretoria da Fundação Abaixo-Assinados e protocolados documentos com as principais preocupações e propostas da APCEF, com visita pessoalmente aos diretores eleitos e ao presidente.

A ação judicial está pendente de sentença, mas a APCEF não se calará até obter esclarecimentos: Contribuição Extraordinária, só com a Abertura das Contas da FUNCEF. Para tanto, no dia 20 de junho, como participantes o Diretor Presidente Marcello Carrión e a Diretora de Aposentados, Previdência e Saúde Célia Zingler solicitaram esclarecimentos através de duas correpsondências dirigidas ao Presidente da FUNCEF,  Carlos Vieira Antônio Fernandes. Foram questionados o processo de segregação dos ativos que compõe a carteira de investimentos da Fundação e solicitados esclarecimentos sobre a informação divulgada de que o encolhimento do investimento feito no FIA carteira ativa II foi um dos responsáveis principais pelo déficit apurado no exercício de 2014. A Fundação manifestou-se, com carta resposta remetida no final de junho, onde foram repassadas informações já replicadas nos canais de comunicação da FUNCEF. Novamente, no  dia 13 de julho, novas correspondências foram protocoladas por Marcello Carrión e Célia Zingler, desta feita, endereçadas ao Presidente do Conselho Fiscal, citando que os questionamentos não foram atendidos, encaminhando documentos e sugerindo, em correspondência encaminhada ao Presidente, como fonte alternativa de recursos para abatimento do déficit apurado em 2015, o resultado do acordo de leniência firmado entre a PGR e a JBS com o retorno  de valores a FUNCEF na ordem de R$ 2 bilhões.

Tags:

  • #FUNCEF, #Funcef, #Aposentados, #Direitos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


15/12/2017

Em Tramandaí, APCEF discute ataques ao “Bem Comum” e à Caixa

Às vésperas do final de um ano conturbado politicamente...

15/12/2017

Horário de atendimento alterado na APCEF/RS no dia 18/12

Atenção! O atendimento da APCEF/RS, na próxima segunda-feira...

13/12/2017

APCEF /RS participa de lançamento de Manifesto em Defesa da Soberania e do Patrimônio Nacional

O presidente da APCEF/RS, Marcello Carrión, representou a entidade...

13/12/2017

Confira a classificação para as colônias de Tramandaí, São Chico e Cassino em janeiro de 2018!

Tramandaí Classificação 26/01/2018 a 01/02/2018 Classificação...

12/12/2017

Aproveite a Colônia da APCEF em Tramandaí durante a 3ª etapa do Campeonato de Surf ASTRI

Temos vagas na colônia de férias da APCEF/RS em Tramandaí...