ASSOCIE-SE

Associe-se e desfrute de muitas vantagens

CLIQUE AQUI

Entre em contato 51 3268-1611

A+ A-

10/05/2018

Campanha e Dia de Luta em defesa do Saúde Caixa

Foto: Portal Fenae/Reprodução

Entidades representativas de empregados/as da Caixa lançaram, na quarta-feira (9), a campanha “Saúde Caixa: eu defendo”. A apresentação, cujo objetivo é sensibilizar usuários/as para a importância da política de saúde da categoria, ocorreu durante ato realizado na reunião do Conselho Deliberativo Nacional da Fenae, em Brasília, do qual participa a APCEF/RS.

Instituições como FENAE, as APCEF de cada estado, Contraf-CUT, Fenacef, Fenag, Advocef, Social Caixa, Aneac e Conselho de Usuários estão unidas na campanha para mobilizar ativos/as e aposentados/as para a defesa do plano.

“É da maior importância a unidade de todas as entidades na defesa do Saúde Caixa, pois demonstra uma solidariedade entre gerações e é um direito que precisa de toda nossa energia para ser preservado”, argumenta o presidente da APCEF/RS, Marcello Carrión.

O objetivo é chamar a atenção dos diferenciais em relação a planos de saúde de mercado com conteúdos informativos sobre as coberturas do Saúde Caixa. Para isso, contará com depoimentos de empregados/as e aposentados/as sobre suas experiências pessoais. Está previsto no cronograma um “Dia de Luta” para 24 de maio, além da realização de seminário e audiência pública, entre outras ações.

A APCEF/RS tem denunciado as decisões governamentais que atacam o plano de saúde da Caixa e de outras estatais. Um ofício enviado no começo de abril pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, por exemplo, determina a proibição da adesão de novos/as usuários/as aos planos, o que pode impedir a inclusão de mais dependentes, como filhos/as e cônjuges.

A Caixa, denunciam as entidades, tem argumentado de que o modelo de custeio do plano seria insustentável, ainda que os números do próprio banco demonstrem a sustentabilidade do modelo atual. A Comissão interministerial de Governança e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR), da mesma maneira, tem tomado decisões no sentido de diminuir a participação das estatais no custeio de seus planos. O novo estatuto da Caixa, aprovado em dezembro de 2017, também impôs um teto para os gastos com o plano de saúde estipulado em 6,5% da folha de pagamento dos ativos e dos proventos pagos pela FUNCEF aos aposentados.

*Com informações da FENAE.

Últimas Notícias


Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal do Rio Grande do Sul Gestão. NOSSA LUTA É POR SUAS CONQUISTAS 2015/2018 Avenida Coronel Marcos, 851 Ipanema Porto Alegre / RS CEP 91760-000 Telefone: (51) 3268-1611 Fax: (51) 3268-2700